Como eu não sossego com cor de cabelo, consegui estragar o meu e comecei a ficar mais atenta com cuidados, já que eu usava só shampoo e condicionador, finalizador e quase nunca fazia hidratação. Só que quando comecei a clarear para um vermelho mais vivo, não tinha como a estrutura capilar aguentar tanta agressão (descolorante acaba com o cabelo, ainda mais quando se usa oxigenada de 40 volumes). Aprendi na marra que não se deve usar qualquer pó descolorante e na próxima vez, vou ter mais cuidado. Apelei para a internet e encontrei algumas receitas que eu usei e realmente fizeram diferença.


Hidratação com babosa

Planta originada na África, nada mais é o nome popular para Aloe vera. Ela tem capacidade de reidratar o tecido capilar e fechar a cutícula dos cabelos. A utilizada nos fios é aquela com a folha maior e mais grossa, a babosa fina é utilizada para fins medicinais. Quando era mais nova, minha mãe costumava comprar shampoo e condicionador com babosa. Acho que é por isso que meu cabelo nunca me deu trabalho antes de começar a pintar muito.

2 colheres de sopa da máscara de sua preferência
1 folha inteira de babosa

Abra a folha e retire todo o gel. Coloque no liquidificador e bata bem. Depois misture com o creme (faça com a quantidade de acordo com o tamanho do seu cabelo). Aplique mecha por mecha nos cabelos úmidos e limpos e aguarde 30 minutos com touca térmica. Enxágue com água fria. O resultado é cabelo sedoso, macio e alinhado.


Hidratação de glicerina

Assim como a babosa, o produto ajuda na retenção de líquido, fazendo com que os fios fiquem hidratados por mais tempo. É um produto bem baratinho, encontrado em farmácias.

1 colher de sopa de glicerina líquida
2 colheres de sopa da máscara de sua preferência

Lave bem os fios, faça a mistura e aplique-a no cabelo todo. A glicerina diminui o volume e só pode ser usada quando o clima estiver úmido e uma vez no mês (muita glicerina deixa o cabelo quebradiço). O resultado é instantâneo: cabelo brilhoso e macio.


Nutrição com azeite

Quem tem cabelo seco, pode usar sem medo pois o azeite ajuda muito a tirar aquele aspecto de palha. Só não deve-se usar a mistura na raiz.

2 colheres de sopa de máscara capilar
1 colher de sopa de azeite de oliva extra-virgem

Misture bem os dois ingredientes e aplique nos fios como de costume. Deixe agir por 30 minutos com touca e enxágue com água fria.



Umectação com óleo de rícino

A umectação serve para dar um jeito nas pontas duplas e no ressecamento dos fios. Quando feita, dá brilho e reduz o volume de cabelos rebeldes.
É importante ressaltar que só pode ser feita com óleos vegetais. Nada que contenha óleo mineral, parafina ou vaselina líquida. Em tempo: evite usar esses produtos, depois farei um post explicando melhor. Em rótulos, esse óleo com nome de Castor oil.

O óleo de rícino (ou óleo de mamona) é facilmente encontrado em farmácias e é um laxante. Tem consistência espessa e é um pouco difícil de aplicar, além de um cheiro peculiar. Massageie até que os fios tenham absorvido parte do óleo. Durma, retire com shampoo pela manhã e utilize condicionador normalmente no dia seguinte.


Essas são as misturinhas que deram certo para mim (e que tive coragem de fazer). Muita gente têm o mesmo resultado e é sempre satisfatório, vale a pena tentar.

*o blog não tem nenhum vínculo com as marcas citadas no post

Anúncios