Busca

Wendy's Stuff

This is my spot.

Tag

babosa

Dicas para acordar com o cabelo saudável

O dia acaba sendo uma correria para muita gente, e algumas pessoas não tem tempo de esperar um creme agir por 30 minutos. Pensando nessas pessoas – e em quem não gosta de levar horas para cuidar do cabelo, como eu – resolvi fazer esse post. É possível manter os fios saudáveis com tempo curto. Veja abaixo:

– Cremes de tratamento noturno

Engana-se achando que não funciona. Já usei por muito tempo um maravilhoso da Elséve, com geléia real. Eu nunca fui de cuidar muito da juba, só precisei investir em tratamentos “sérios” quando consegui estraga-lo com descoloração. Alguns cremes reparam, hidratam, devolvem o brilho, selam as pontas e não precisam ser enxaguados ao acordar. Vale a pena investir.

– Use óleos vegetais

Hidratar os cabelos é essencial para mantê-los bonitos e saudáveis, pois a poluição e o sol danificam os fios, a longo prazo. Óleo de amêndoas, semente de uva e coco podem ser usados puros nos fios.

– Hidrate com frequência

Nada de esperar o cabelo dar sinais de “estrago”! A cada 15 dias é o ideal, para quem não tem química nos fios. Para as demais, siga o Cronograma Capilar que é sucesso. Existem tratamentos que podem ser feitos no banho. Rápido e funcional.

Links que podem ajudar:

– Penteie os fios antes de deitar

Às vezes esqueço, mas procuro pentear os cabelos antes de dormir. Assim, ao amanhecer, os fios estarão mais alinhados e sem nós.

– Troque sua fronha!

Já falei disso aqui. O atrito do algodão com os cabelos vai “sugando” a umidade e deixa os fios cheios de frizz e secos.

– Não durma com os cabelos molhados

Além de poder causar dermatite seborreica, prender os cabelos molhados ao dormir causa quebra, rompendo a fibra capilar.

– Para quem quer o cabelo comprido: tônicos

O tônico de alho da Gota Dourada já é bem conhecido, eu mesma já dormi com ele no couro cabeludo. Além de fortalecer, ajuda no crescimento. Tônicos de jaborandi e anti queda também são ótimos para serem usados ao dormir.


Às vezes a gente nem percebe, mas são coisas pequenas que atrapalham na saúde do cabelo. Em alguns casos, a queda e “afinamento” dos fios é causada por alguma doença. É bom ficar atenta a qualquer sinal diferente.
Espero que gostem, beijos.

Recuperando cabelos porosos!

Tem recuperação sim! poroso

Mas lenta, assim como no cabelo elástico, constante para que tenha melhores resultados. A cutícula é que prende no fio todos os nutrientes dos produtos, coloração, etc. No cabelo poroso, a cutícula fica desalinhada, aberta e nada fixa dentro do cabelo. Ele chega a absorver os nutrientes, porém não consegue mantê-los. A cutícula – ou escama – protege o cabelo de agressões externas (sol, poluição) e estando aberta, ela é porta de entrada para essas agressões e acaba causando danos de fora para dentro do cabelo. O aspecto é de palha de aço, seco e sem brilho.

Ceramidas é ótimo para cabelo poroso, ela “cola” a cutícula do cabelo. Também é necessário que os produtos tenham o pH baixo. Existem diversos produtos e ampolas, em qualquer farmácia encontra. Em receitas caseiras, o que funciona muito bem é o mel e vinagre de maçã, a reconstrução ácida.

prosos
Shampoo Ceramidas, Colorama. Máscara de Ceramidas, Kanechom. Yamasterol amarelo, Yamá. Linha Semi di Lino, Hidrabel. Nutrição Celular, Acquaflora. Banho de Creme Tutano e Ceramidas, Bio Extratus. RMC Gold Black, Amend. Crece Pelo, Boé. Extreme Strenght, Redken.
 

Mais ativos que recuperam o cabelo poroso:

porosos

Amanhã posto sobre o dano capilar mais “leve”: ressecamento. Espero que gostem. Beijos.

*o blog não tem vínculo com as marcas citadas no post

Yamasterol amarelo e suas utilidades

23Yamasterol
O barato e queridinho creme multifuncional que todo mundo conhece. Pode ser usado em TODOS os tipos de cabelo. É fácil de achado em qualquer farmácia ou perfumaria e o preço é muito amigo, bem baratinho. E por mais que eu adore uma novidade para produtos de cabelo #consumistaémato, procuro comprar o que é bom e barato, não necessariamente só os lançamentos ou produtos de marcas famosas. Por isso, o Yamasterol é um creme indispensável, não deixo mais faltar. Ele tem D-Pantenol (bepantol), babosa (aloe vera) e seu pH é 4,5 (ácido). A babosa é ótima pois hidrata, sela cutícula e dá forma ao cabelo cacheado.

Descrição do produto:

Yamasterol realça e destaca a luminosidade dos cabelos há gerações! O verdadeiro Creme Multiuso 3 em 1. Possui ingredientes de ação profunda que hidratam, protegem, desembaraçam e dão brilho.
No dia-a-dia, Yamasterol hidrata e desembaraça os fios facilitando o penteado. Pode ser usado com enxágue” (condicionador) “ou sem enxágue” (leave-in) “após o shampoo. Nos banhos de tratamento, Yamasterol hidrata e amacia os cabelos.

Pode ser usado como co-wash e não tem parafina nem óleo mineral. O uso mais comum é batizado com ampolas (ceramidas, queratina, babosa, etc). Quem é cacheada pode usar sem medo, o creme é bem líquido e não deixa o cabelo “lambido”, ativa os cachos e dá brilho. Muitas pessoas usam como condicionador e dá para usar também como leave-in ou fazer um spray de brilho para levar na bolsa.

SPRAY DE BRILHO

Você vai precisar de:
  • Yamasterol pequeno
  • Copo com água
  • Borrifador

Misture o creme e a água em um borrifador e passe nos cabelos para desembaraça-los, dar brilho e controlar o frizz. Em banhos de mar ou piscina, o Yamasterol protege os cabelos contra o sol e o cloro (o ideal é reaplicar a cada mergulho). Perfeito para usar na praia. Fácil e eficiente! Recomendo.


CRONOGRAMA CAPILAR COM YAMASTEROL

yamas
composição:

Aqua, Centrimonium Cloride, Cetyl Alcohol, Stearyl Alcohol, Methylparaben,
Methycloroisothiasolinone/Methylisothiasolinone, Propylparaben, CI 19140, Aloe Barbarensis Extract, Panthenol, Parfum.

*o blog não tem vínculo com as marcas que aparecem no post.

Misturas caseiras para o cabelo que funcionam

Como eu não sossego com cor de cabelo, consegui estragar o meu e comecei a ficar mais atenta com cuidados, já que eu usava só shampoo e condicionador, finalizador e quase nunca fazia hidratação. Só que quando comecei a clarear para um vermelho mais vivo, não tinha como a estrutura capilar aguentar tanta agressão (descolorante acaba com o cabelo, ainda mais quando se usa oxigenada de 40 volumes). Aprendi na marra que não se deve usar qualquer pó descolorante e na próxima vez, vou ter mais cuidado. Apelei para a internet e encontrei algumas receitas que eu usei e realmente fizeram diferença.


Hidratação com babosa

Planta originada na África, nada mais é o nome popular para Aloe vera. Ela tem capacidade de reidratar o tecido capilar e fechar a cutícula dos cabelos. A utilizada nos fios é aquela com a folha maior e mais grossa, a babosa fina é utilizada para fins medicinais. Quando era mais nova, minha mãe costumava comprar shampoo e condicionador com babosa. Acho que é por isso que meu cabelo nunca me deu trabalho antes de começar a pintar muito.

2 colheres de sopa da máscara de sua preferência
1 folha inteira de babosa

Abra a folha e retire todo o gel. Coloque no liquidificador e bata bem. Depois misture com o creme (faça com a quantidade de acordo com o tamanho do seu cabelo). Aplique mecha por mecha nos cabelos úmidos e limpos e aguarde 30 minutos com touca térmica. Enxágue com água fria. O resultado é cabelo sedoso, macio e alinhado.


Hidratação de glicerina

Assim como a babosa, o produto ajuda na retenção de líquido, fazendo com que os fios fiquem hidratados por mais tempo. É um produto bem baratinho, encontrado em farmácias.

1 colher de sopa de glicerina líquida
2 colheres de sopa da máscara de sua preferência

Lave bem os fios, faça a mistura e aplique-a no cabelo todo. A glicerina diminui o volume e só pode ser usada quando o clima estiver úmido e uma vez no mês (muita glicerina deixa o cabelo quebradiço). O resultado é instantâneo: cabelo brilhoso e macio.


Nutrição com azeite

Quem tem cabelo seco, pode usar sem medo pois o azeite ajuda muito a tirar aquele aspecto de palha. Só não deve-se usar a mistura na raiz.

2 colheres de sopa de máscara capilar
1 colher de sopa de azeite de oliva extra-virgem

Misture bem os dois ingredientes e aplique nos fios como de costume. Deixe agir por 30 minutos com touca e enxágue com água fria.



Umectação com óleo de rícino

A umectação serve para dar um jeito nas pontas duplas e no ressecamento dos fios. Quando feita, dá brilho e reduz o volume de cabelos rebeldes.
É importante ressaltar que só pode ser feita com óleos vegetais. Nada que contenha óleo mineral, parafina ou vaselina líquida. Em tempo: evite usar esses produtos, depois farei um post explicando melhor. Em rótulos, esse óleo com nome de Castor oil.

O óleo de rícino (ou óleo de mamona) é facilmente encontrado em farmácias e é um laxante. Tem consistência espessa e é um pouco difícil de aplicar, além de um cheiro peculiar. Massageie até que os fios tenham absorvido parte do óleo. Durma, retire com shampoo pela manhã e utilize condicionador normalmente no dia seguinte.


Essas são as misturinhas que deram certo para mim (e que tive coragem de fazer). Muita gente têm o mesmo resultado e é sempre satisfatório, vale a pena tentar.

*o blog não tem nenhum vínculo com as marcas citadas no post

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑